01 setembro 2006

Um sinal dos tempos


Buracos negros são zonas do espaço onde o campo gravitacional é de tal ordem que atrai de forma inevitável capturando imediatamente qualquer coisa que dele se aproxime e de onde não é possível sair matéria nem qualquer tipo de radiação.

Já não bastava ter a infelicidade de ver o António Pedro Vasconcelos nos muito animados e intragáveis debates televisivos sobre a epistemologia do futebol, esta semana inadvertidamente encontrei o Sérgio Godinho muito empenhado nas suas posições futebolísticas numa dessas sessões num qualquer canal de teledifusão.
Não há nada de particularmente reprovável que um cinéfilo/cineasta ou um poeta/músico debatam o futebol…
Mas o que é bem um sinal dos tempos é que eles apareçam agora alcandorados nessa função de filósofos do futebol, fazendo-nos até esquecer que porventura teriam muito mais e melhor para dar!
Dizer que as exigências do público estão na base da existência e proliferação excessiva de certas temáticas é o mesmo que dizer que a televisão é apenas mais um produto trivial de venda indiscriminada.
É pois bem um sinal dos tempos esta noção concisa que certas presunções e veleidades soam absolutamente ridículas no pretenso e irrisório audiovisual que é o buraco negro da televisão portuguesa!


Filipe Taveira M.

5 comments:

Blogger Luisa said...

Um buraco negro ainda mais perigoso do que o do ozono. Por ali passa tudo e quando menos esperamos lá estamos nós absorvidos por ele, sucados!!!!!!

1/9/06 11:59 da manhã  
Blogger antimater said...

Luisa,
Principalmente os muito jovens que nem se apercebem...

1/9/06 8:01 da tarde  
Blogger Klatuu o embuçado said...

Meia dúzia de autocarros, dois jipes... arrebanha-se esses montes de merda... etc...

9/9/06 5:52 da tarde  
Blogger Klatuu o embuçado said...

P. S. Refiro-me aos «iluminados» do futebol... etc...

9/9/06 5:53 da tarde  
Anonymous ibis2 said...

Já comentei algures que não vejam nada de mal no Sérgio ter aparecido como comentador desportivo,defendendo a sua camisola coisa que ele sempre assumio em público.
Mas voçês tem toda a razão !Isto só acontece mesmo num pais ,numa televisão que não dá espaço á cultura,entre outras coisas.
Exato.Estariamos era se calhar a ver o Sérgio a cantar o seu último disco quiçá.Assim ..sabe-se lá qual foi o último disco.....
Melhor que o disco é o esférico!!
Querem buraco negro mais eficiente?

16/9/06 4:10 da manhã  

<< Home