18 agosto 2006

É capaz de conseguir


A RTP brindou-nos ontem, pelo centenário do nascimento de Marcello Caetano, com uma entrevista com a sua filha Ana Maria Caetano, conduzida pela imutável senhora comendadora Judite de Sousa.
Não imagino o que se pretendia com a espécie de reconciliação que aparentemente se pretendeu provocar nos espectadores. No estilo telenovelesco de entrar na vida das pessoas ficamos a saber… nada!
Fiquei a pensar onde param os historiadores que podiam completar ou até mesmo substituir aquele modelo de evocação da efeméride, como cabia aliás a uma teledifusão de serviço público.
Continua a televisão a querer fazer de nós provincianos. Acho que com alguma insistência é capaz de conseguir. Talvez a seguir se lance na reconciliação com Oliveira Salazar…
F.Taveira

9 comments:

Blogger croqui said...

decididamente... «falta cumprir-se Portugal», F.Pessoa cada vez mais actual!

Manter o povo na ignorancia e fazer de nós provincianos, supostamente teria acabado no dia 25 de Abril de 74, mas parece q não!

ah, também deu ontem na 2 um documentário sobre Marcelo Caetano!
muito interessante por sinal, pois ouvi algumas verdades que desconhecia!
e com o passar do tempo outras surgirão, porque apesar de tudo o 25 de Abril é muito recente!

18/8/06 9:17 da manhã  
Anonymous Vitor Reis said...

A imagem que comentou é original não tem retoque nenhum. ( quando não se percebe de fotografia mais vale .................. ) Vitor Reis. http://esquisso-a4.blogspot.com/2006/08/luz-ao-fundo-do-tnel-fotografia.html

18/8/06 11:07 da manhã  
Anonymous vitor reis said...

Infalibilidade pode sempre haver, até porque ninguem é perfeito.
Quanto à ignorância podemos sempre guardala para nós próprios, quando não sabemos o que dizemos mais vale .............. , (fica bem, até parecemos inteligentes!)
Eu quando não sei ou tenho duvidas não comento fico calado até ter certezas.

18/8/06 4:13 da tarde  
Blogger antimater said...

Sr. Vitor Reis:
-Infalibilidade nunca há, até porque ninguem é perfeito.
-Inteligentes e ignorantes somos todos, fatalmente.
-Ficar calado até ter certezas é ser para sempre mudo...

18/8/06 5:23 da tarde  
Anonymous vitor reis said...

O blogg não é meu apenas contribuo por simpatia para com o blogger com algumas fotos ou outro conteudo. Como tal para não arranjar conflitos que possam por em risco o blog esquisso-a4 de receber de alguem, sem ter culpa disso, maus comentários e até por vezes asneiradas vou ficar mudo ignorando a sua inteligência. Até porque algumas opiniões pouco contstrutivas não merecem ser comentadas como tal mais vale ser ignorante, não ter inteligência e ser mudo. Até sempre

18/8/06 6:54 da tarde  
Blogger antimater said...

Vitor Reis:

Certo.
Vejo que a minha posição construtiva nem sempre é entendida como tal...
Tentarei aprender com isso.

18/8/06 7:57 da tarde  
Blogger Paulo Sempre said...

Coitado do homem.
Nada melhor que uma filha a falar do pai. Acham que a criatura ia falar da parte má?
O comandante da GNR até já faleceu...e, que se saiba, não deixou em arquivo o que realmente se passou nas paredes do Quartel do carmo.

Abraço

21/8/06 1:22 da manhã  
Blogger Pedro Guerreiro said...

o Marcello Caetano foi o papão!

22/8/06 10:58 da manhã  
Blogger antimater said...

O post é um apelo à evocação da História nua e crua, substituindo precisamente as visões lamechas de heróis e papões...

22/8/06 11:10 da tarde  

<< Home